Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Por que os engenheiros precisam entender de finanças?

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

A engenharia é uma área que exige conhecimentos técnicos profundos: até aí, nenhuma novidade. Entretanto, o que muitos profissionais se perguntam é se realmente engenheiros precisam entender de finanças.

A gestão financeira é imprescindível para qualquer empreendimento obter sucesso e também para toda a gestão das finanças pessoais de qualquer profissional. No ramo da engenharia não é diferente. Quanto maior o conhecimento sobre finanças, mais valioso se torna o profissional e mais os erros e desvios são eliminados.

Engenheiros precisam entender de finanças?

Um engenheiro é, antes de tudo, um profissional. O mercado atual exige profissionais com uma gama de conhecimentos mais abrangente; pessoas que entendam não somente das áreas técnicas de sua formação, mas de todas as partes correlatas.

Uma área com valorização crescente e na qual os engenheiros geralmente buscam se especializar é a gestão de projetos. Para ser um excelente gestor, conhecer os números relativos a ele é tarefa básica.

Por que os engenheiros precisam entender de finanças

Na elaboração de orçamento, dimensionamento de pessoal, especificação de prazos e levantamento de material, não há como atuar de forma eficaz sem conhecer todos os custos e a perspectiva financeira de cada parte que compõe um projeto de engenharia.

O engenheiro não é um profissional isolado numa cadeia produtiva: ele é peça chave de um todo e, como tal, precisa compreender e atuar visando a rentabilidade e a sustentabilidade do empreendimento no qual trabalha, seja ele qual for.

Ele precisa conseguir determinar a viabilidade de cada fase de um projeto e todos os dimensionamentos — de pessoal, material e tempo — devem levar essa fundamental informação em consideração.

Como o conhecimento de finanças é útil ao engenheiro?

O mercado tem valorizado profissionais com visão sistêmica: aqueles que não limitam seus horizontes a uma área específica. Para agregar valor ao seu perfil, é fundamental que o engenheiro entenda da viabilidade econômica e, para isso, precisa de conhecimento financeiro.

Além disso, não se pode esquecer que a gestão das finanças é aplicável não somente ao trato profissional, mas à vida pessoal. Gerir pagamentos, custos, compromissos e receitas é a única forma que qualquer pessoa tem para garantir sua saúde financeira.

planilha-simples-nacional-cta

O que o engenheiro deve aprender sobre finanças?

Alguns conceitos são fundamentais para o aprendizado correto da gestão financeira no âmbito da engenharia. Alguns pontos importantes a serem aprendidos são:

• Fluxo de Caixa e Capital de Giro: especialmente para os empreendedores, o fluxo de caixa e o capital de giro são aspectos mais que fundamentais para garantir a saúde financeira de qualquer negócio;

• Índices de Retorno sobre Investimento em Engenharia: Indicadores como ROI — retorno sobre investimento —, TIR — taxa interna de retorno — e PAYBACK — cálculo do tempo necessário para que o lucro acumulado se iguale ao investimento inicial realizado — fazem parte da avaliação da viabilidade de projetos de engenharia;

• Conhecimentos de Contabilidade e seus controles: Fluxo de caixa, lucros e perdas, ativos, estoques planejamento tributário e vários outros são necessários à gestão financeira de qualquer empreendimento.

Em todos esses aspectos e por todos os motivos já citados, fica claro que engenheiros precisam entender de finanças e que — como empreendedores — essa é uma tarefa fundamental para a boa gestão dos seus negócios.

Veja também quais são os 5 melhores aplicativos para engenheiros!

Gostou do post? O que acha sobre o tema? Comente!

José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.

Comments 0
There are currently no comments.