Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Motivos para o fechamento prematuro de empresas

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

Apesar das condições muito favoráveis que o atual momento oferece para empreender, é possível observar em grande número o fechamento prematuro de empresas. Mas, afinal, quais são os obstáculos, erros e problemas que estes empresários têm enfrentado e que estão fazendo com que o empreendimento não sobreviva no mercado por muito tempo?

Nunca houve um momento tão favorável para abrir empresa. Além das facilidades para começar pequenos empreendimentos e taxas de impostos favoráveis, há cada vez mais informações sobre empreendedorismo nas mídias. Logo, é possível notar um grande avanço e muito estímulo por parte das pessoas para abrir seus próprios negócios no mundo empresarial. Mas muitas empresas ainda estão encerrando suas atividades de maneira prematura.

Para melhor reflexão sobre este assunto, separamos alguns motivos que podem acarretar o fechamento prematuro de empresas, bem como algumas dicas para evitar esses casos. Acompanhe!

1. Não estudar o nicho

Antes de se realizar a abertura de um negócio, é fato que muitos aspectos devem ser estudados e planejados. Um desses fatores é um estudo referente ao nicho em que se pretende atuar. Não possuir afinidades ou ter poucos conhecimentos a respeito do mercado em que se deseja abrir um negócio pode ser um grande erro, que pode comprometer o sucesso do empreendimento.

Dica: Estude a fundo todo o mercado em que se pretende atuar. Converse com consumidores e pessoas que já estão no nicho em que se queira aplicar e tenha uma visão futura de pequeno e longo prazo a respeito das tendências que o seu mercado poderá tomar. O empresário deve estar atento, pois nenhum nicho de mercado irá esperar a sua adaptação e o seu aprendizado. Logo, o empreendimento deve ser iniciado somente quando houver domínio naquilo que se pretende atuar.

2. Não ter controle financeiro

fechamento-prematuroO aspecto do controle financeiro com certeza é o mais relevante quando o assunto envolve o encerramento prematuro de empresas. Isso porque os maiores erros começam antes mesmo da existência do negócio. Logo, muitas pessoas falham por não planejarem o capital necessário para o início, bem como por não estipular um prazo para recuperar o investimento. Outro erro comum referente ao fator financeiro está em misturar as finanças pessoais com o capital da empresa.

Dica: Planeje todos os gastos que serão utilizados para o investimento do negócio e estipule um prazo para começar a obter o retorno. Separe sempre as finanças pessoais do capital da empresa e gerencie um fluxo de caixa de maneira rigorosa.

3. Não ter um plano B

Dentro de um empreendimento, nem tudo pode sair como se planeja. Ao projetar todo o negócio em papel, tudo poderá parecer funcionar como se deseja, porém, na prática, pode ser um pouco diferente. Obstáculos poderão surgir ao longo do caminho. Portanto, é preciso ter um plano B para contornar as dificuldades.

Dica: Antes de abrir sua empresa, faça um levantamento de todos os fatores que podem dar errado e tenha um plano de ação para contornar estes problemas. Opções de produtos, serviços ou ainda fontes de renda extra são somente alguns exemplos.

4. Espelhar-se na concorrência

Outro erro muito comum por parte dos novos empreendedores está em fixar os olhos para os passos da concorrência. Deste modo, muitos empresários abrem seus negócios e passam a se preocupar a todo momento com os seus concorrentes. Logo, por mais que a concorrência possua um negócio de grande sucesso, é preciso que o empreendedor tente fazer a diferença para conquistar seus clientes com base no que ele possa oferecer.

Dica: Avaliar a concorrência tem o seu grau de importância. Porém, é preciso criar uma personalidade própria para o negócio, de modo a ter um diferencial com relação às demais empresas no mercado.

5. Falta de estratégias

Abrir uma empresa e expor os seus produtos e serviços pode até ser uma tarefa padrão. Porém, muitas empresas falham quando o assunto são as estratégias. É preciso que o empreendedor se questione antes mesmo de abrir a empresa, de modo a se fazer as seguintes perguntas: Como irei alcançar meus clientes? Quais serão minhas estratégias de marketing e como irei divulgar minha empresa? Irei atuar online, em uma loja física ou em ambos? Deste modo é possível obter uma visão a respeito dos principais quesitos aos quais se deve dar atenção para se obter uma boa estratégia de conquista de clientes.

Dica: Antes mesmo de abrir o negócio, inclua todas as estratégias no planejamento da empresa. Deste modo, é possível organizar também uma verba para investimento nas áreas de divulgação e demais estratégias que a empresa adotar.

6. Ilusão e o fechamento prematuro de empresas

empresa-fechada-prematuramenteÉ fato de que o pensamento positivo deve existir em quaisquer áreas da vida, e dentro de um empreendimento não é diferente. Porém, em paralelo a tanto otimismo, surgem alguns erros fatais por parte dos empreendedores que acabam por provocar o encerramento precoce de suas empresas. Uma falha muito comum está em deixar seus empregos fixos e abrirem um empreendimento sem um capital inicial para investimento, bem como para se manterem até que seus negócios passem a dar resultados. Logo, estes empresários cometem o erro número 1, utilizando o capital de suas empresas para cobrir gastos pessoais desde o início do empreendimento e desencadeando o “efeito bola de neve” nas finanças da empresa.

Dica: Iniciar um empreendimento exige preparo em todos os aspectos. Desse modo, abrir uma empresa simplesmente porque se desligou de um trabalho como empregado pode ser um grande erro, que pode gerar o fechamento precoce de uma empresa. Sendo assim, o melhor a fazer é montar um planejamento para o negócio e incluir uma maneira de conseguir o capital necessário antes mesmo de tomar qualquer ação.

Com base nas informações aqui citadas, é possível avaliar que a maior parte dos motivos para o fechamento de empresas se deve a uma gestão ou um planejamento inadequado. Sendo assim, é preciso perceber que o sucesso e a vida longa de uma empresa são construídos a partir de uma boa base de planejamento e posteriormente com uma boa gestão do que foi planejado.

Vale ressaltar que imprevistos poderão ocorrer com qualquer empresa, porém o planejamento deve ser flexível a ponto de se adequar às circunstâncias e permitir que se dê continuidade aos negócios com eficiência.

E você, precisa de auxílio na administração de sua empresa?

Conte com a Conube!

José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.

Comments 2