Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Confira 5 dicas de gestão fiscal de empresas para quem está começando

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

Será que sua empresa está adotando o regime tributário adequado para seu porte? Como anda a gestão fiscal do seu negócio? Talvez você esteja recolhendo e compensando um volume maior de tributos do que o necessário, o que significa que vai deixar recursos a mais se esvair de seu negócio, enquanto poderia ter mais lucros ou ainda reinvestir em outras áreas. Confira algumas dicas de gestão fiscal para aplicar em sua empresa!

Realize um planejamento fiscal

Você sabia que a má gestão fiscal é um dos principais motivos que levam as empresas à falência no Brasil? Por isso, o gestor deve refletir bastante sobre os objetivos e as metas da empresa, a fim de entender aonde quer chegar e o que o caminho para alcançar tal propósito representa para o negócio. Quais encargos fiscais estão envolvidos no processo? Qual volume de reserva será preciso para contornar eventuais problemas? Com um planejamento fiscal, prossegue-se com mais propriedade no presente, pensando no futuro.

Utilize os benefícios fiscais a seu favor

Dicas de gestão fiscal de empresasSe o governo federal, estadual ou municipal tem projetos e oferece isenções para a atividade que sua empresa desempenha, desde que cumpra determinadas obrigações, procure saber as formas de aproveitar tais vantagens. Ainda que você ache que alguns incentivos fiscais tenham pouca influência no equilíbrio financeiro de seu negócio, eles podem alavancar o crescimento de sua empresa em pouco tempo.

Cumpra auditorias e consultorias

A legislação tributária do país é muito complexa, e o pior: muda praticamente a cada ano. Fica difícil para o gestor acompanhar novidades nos sistemas de tributação, regras de impostos ou últimas determinações para a prestação das obrigações acessórias. Diante das mudanças de cenário, outro regime tributário pode se tornar mais conveniente para ser adotado por sua empresa.

Ainda não abriu sua empresa?

Clique aqui e comece agora mesmo!

Nesse sentido, vale muito a pena concretizar auditorias que sejam capazes de apontar falhas nos processos de gestão ou de tributação, bem como mover-se de acordo com consultorias prestadas com efeito de descobrir os melhores caminhos a serem seguidos. Acredite, você vai gastar menos dinheiro para ter certeza dos melhores passos para guiar seu negócio.

Procure automatizar os processos fiscais

Quando o gestor investe em um sistema para moderar e registrar os processos fiscais, torna-se possível integrar a gestão tributária, situando os lançamentos para todas as áreas do negócio de forma simplificada. Podem-se monitorar os apontamentos e as obrigações acessórias, de forma a permitir melhor controle, com informações mais precisas e longe dos erros da feitura manual.

Contrate um escritório de contabilidade

É importante ter uma gestão financeira primorosa. Dessa maneira, você poderá focar em sua atividade sem ter que se preocupar com o fato de os lançamentos contábeis estarem ou não desempenhados de forma adequada, ou se suas obrigações acessórias estão conforme a legislação. Gostou da ideia? Conheça os serviços de contabilidade online oferecidos pela Conube!

José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.

Comments 1