Conube

Conube


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov.    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias


O que é Cultura Organizacional? Entenda a importância para a empresa

Por Suellen Viana *

Suellen VianaSuellen Viana

Atualmente esse é um assunto muito falado no meio empresarial, tanto pelos diretores quanto pelos colaboradores das empresas. Ter uma cultura organizacional é algo muito importante para o crescimento no mercado, afinal é através dela que são expressados a missão, visão, valores e até objetivos. É algo de suma importância para a motivação dos colaboradores e para o alinhamento com as metas da organização.

Alguns ainda possuem um pensamento retrogrado de que a maior motivação de um colaborador é o salário. É verdade que para as gerações passadas poderia até ser, mas hoje o pensamento e a prática são outros. Não basta ter um ótimo salário, é necessário ter qualidade de vida, dentro e fora do trabalho. E é justamente por isso que as empresas estão investindo em criar uma  cultura organizacional forte. Desta forma, seus colaboradores estejam sempre motivados, satisfeitos e engajados com a instituição na qual trabalham.

O que é Cultura Organizacional?

Uma cultura organizacional definida fortalece a produtividade

Para criar uma cultura organizacional forte de uma empresa, é preciso definir seus principais pilares. Cultura organizacional é a base da motivação dos colaboradores somada ao crescimento da empresa. Ou seja, através dela são passados os hábitos, valores, comportamentos e crenças, não se esquecendo dos valores éticos e morais junto às políticas internas e externas da empresa. É a identidade da empresa, o jeito que ela faz as coisas, no que acredita.

Com a cultura organizacional é possível nortear os caminhos de sucesso, mostrar aos colaboradores os objetivos da empresa, de forma que eles vistam a camisa e ofereçam sempre o melhor aos clientes. Claro que o que se obtém de maior valor com uma cultura forte e bem definida é o alinhamento dos colaboradores, mas isso também pode impactar na fidelização e satisfação dos clientes que também se identificam com aquele determinado modelo, o que tem consequência até mesmo nos lucros da empresa.

Qual a importância da Cultura para a empresa?

Uma empresa com os valores bem definidos tende a ser mais forte e bem sucedida do que uma desorganizada. E para que as definições sejam claras, cabe aos líderes compartilharem com suas equipes tudo o que influencia o crescimento. Uma liderança bem direcionada consegue impactar positivamente seus colaboradores e, como consequência, influencia seus comportamentos, trazendo a motivação, o aumento de produtividade e boa comunicação e harmonia do grupo.

Contratação somada à Cultura da Empresa

O momento da contratação é muito importante para a empresa. É neste momento que são conhecidos novos colaboradores, aqueles que vão ajudar a construir a história do negócios. Também por isso, é importante para o entrevistado conhecer a cultura organizacional da empresa.

Dessa forma ele saberá se realmente se encaixa para aquela vaga e mais precisamente para aquela empresa. Se a cultura está sendo passada de forma clara, cabe ao candidato também fazer uma avaliação e perceber se o seu perfil se adaptaria àquele modelo apresentado.

Afinal a cultura da empresa deve ser praticada por todos os colaboradores, mantendo as crenças, o conjunto de ideias e as práticas comuns. Fazer com que os colaboradores acreditem na marca, produto ou serviço que se vende é um ótimo motivo para a criação e estruturação da cultura da empresa.

Exemplos de pilares muito praticados:

A importância da Cultura da Empresa

 

1. Compartilhar Conhecimento

É possível? Sim, claro. A partir do momento que um líder compartilha com sua equipe os objetivos, metas e resultados esperados, ele está compartilhando o seu conhecimento quanto aos projetos traçados para aquele determinado período, seja ele de curto ou longo prazo.

E não é só isso, compartilhar ideias produtivas, cursos, palestras, incentivos ao crescimento, tanto pessoal quanto profissional, também tem cada vez mais feito parte da cultura de diversas empresas. Afinal todo líder quer ter um time esclarecido, objetivo, engajado e muito bem informado.

2. Liberdade de ideias

Quando falamos de liberdade de ideias não quer dizer apenas pedir a opinião do colaborador; quer dizer anotar, analisar e, quem sabe, no tempo certo, até mesmo adotá-la e colocar em prática. O momento de brainstorming de um time pode ser de grande relevância. Mesmo porque são os colaboradores que vivem o dia a dia lidando com deferentes situações. Também por isso, claramente vão saber o que deve ser modificado para que melhorem os processos e o desempenho de todos.

Hoje em dia um colaborador ou uma equipe não se satisfazem apenas com um aumento salarial, mas também com o reconhecimento de seus esforços através da meritocracia, por exemplo. O fato dele ter exposto uma ideia em uma determinada reunião e depois de um certo tempo vê-la sendo colocada em prática, faz com que ele se motive e se torne cada dia mais engajado. Se torna grato e sente prazer em contribuir de uma forma diferente para o crescimento da empresa. E por que não tornar essa prática uma cultura organizacional? É o que muitas empresas tem feito.

3. Diversidade

Para falarmos da diversidade precisamos primeiro entender o que é. Consultando os dicionários de língua portuguesa podemos encontrar como definição para a palavra Diversidade “qualidade daquilo que é divergente, diferente, variado, multiplicidade”. Pois bem, como a própria definição já diz, “Diferente”Mas diferente do quê?Para ser diferente, é necessário saber o que é igual. Então entramos no conceito de que o importante é respeitar o ser humano, independentemente de como ele seja.

Muitas empresas vêm implantando esse conceito hoje em dia com muita veemência. Claro que, assim como as outras características, precisa ser uma identidade da empresa, precisa ser algo em que a empresa acredita. Elas acreditam que a  multiplicidade entre os colaboradores é de grande valia para o crescimento do negócio. Mentes vindas de diversas culturas e vivências diferentes trazem maiores possibilidades de ideias.

Conclusão

Ter uma cultura organizacional forte é um um pilar de extrema importância para a empresa. Não basta ter espaços e momentos de descontração. É ter uma boa estrutura com transparência nas informações e principalmente no planejamento para atingir os objetivos. Isso requer muita atenção e cuidado no momento da contratação. Tendo a consciência de que novas contratações ou demissões podem impactar no desempenho da equipe.

Uma cultura forte é também valorizar seus colaboradores. Portanto, estabelecer a cultura da empresa é vital para a melhoria contínua buscando sempre o sucesso é crescimento da organização. Veja os exemplos da cultura do Netflix e da RockContent para entender melhor.

cta-migracao_de_empresas

E então, entendeu mais sobre o que é cultura da empresa e sua importância para o sucesso do negócio? Deixe seus comentários!




Técnica em Administração de Empresas pela ETEC de Embu das Artes, Suellen atua na área de Legalização de Empresas na Conube Contabilidade Online e ajuda centenas de pequenos empresários a iniciarem seus negócios.