Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Quando vale a pena abrir uma empresa com sócio?

Anderson FeitosaAnderson Feitosa

Na hora de abrir uma empresa, sempre surgem dúvidas relacionadas à escolha de um sócio. É comum que as sociedades terminem em conflitos e problemas judiciais, isso quando não acabam de forma ainda mais trágica, com brigas sérias e problemas pessoais entre os envolvidos. Outras vezes, o negócio dá certo. Saiba avaliar quando pode ser interessante abrir uma empresa com sócio.

Os problemas em uma sociedade podem estar relacionados às dificuldades de comunicação, aos desejos egoístas dos sócios, às diferenças desproporcionais de capacidade, entre outros casos. É importante ressaltar que a sociedade não é uma divisão apenas de poder e lucro, mas também de responsabilidades e trabalho. Veja a seguir algumas dicas de como escolher seu sócio, abrir uma empresa e garantir uma sociedade muito mais produtiva!

Assista trecho do Webinar da Conube que fala sobre sócios!

Principais tipos de sociedade

Os principais tipos de sociedade existentes no Brasil são:

O sócio deve ser um complemento

Saiba como avaliar se um sócio pode ser uma boaO ideal é que os sócios se complementem um ao outro. Em relação ao temperamento, é bom encontrar alguém que possa contrabalançar suas falhas e qualidades. Enquanto um sócio tem perfil mais aventureiro e propenso a empreendimentos arriscados, o outro deve ser mais conservador e equilibrado. Enquanto um consegue se dedicar à área financeira e controlar o fluxo de caixa, o outro se dedica à publicidade e às vendas externas. É preciso que os sócios, atuando juntos, consigam o atingir o equilíbrio da empresa.

Ambos devem ter capacidade

De qualquer modo, não convém ter um sócio sem as aptidões necessárias. O sócio deve apresentar capacidade para o negócio e demonstrar conhecimento suficiente sobre o assunto para poder se engajar e tomar decisões. Não vale a pena fazer sociedade com alguém que seja muito dependente e não entenda (ou compreenda muito pouco) sobre os assuntos da empresa. Alguém que saiba muito mais, que tenha um conhecimento bem mais aprofundado também pode se tornar um problema, já que poderá desejar ter maior domínio sobre a empresa e lucrar mais.

O sócio deve ser confiável

Escolha alguém em quem você possa confiar. Sociedade é algo sério e não é aconselhável fazer sociedade com um desconhecido (mesmo que ele apresente boas capacidades) ou com alguém que conhece pouco ou que já tem referências negativas. Se seu sócio puder ser um amigo ou um parente próximo, melhor ainda. Alguém que seja conhecido por sua honestidade e compromisso também é uma boa opção.

Os sócios devem ter objetivos alinhados

SóciosOs objetivos entre os sócios devem estar alinhados. Eles precisam trabalhar juntos para o crescimento do negócio e devem ter as mesmas expectativas para o negócio. Para isso, é importante que conversem bem, comparem suas expectativas e tentem alinhar seus objetivos e desejos. Assim, será possível aliar as diferenças para conquistar os objetivos e atingir as metas propostas.

O sócio deve visualizar o futuro

Quando se trata de empreendedorismo, tudo deve ser pensado a médio e longo prazo. Uma empresa deve planejar para o futuro e avaliar bem as perspectivas e possibilidades de crescimento. Seu sócio deve apresentar essa capacidade para trabalhar ao seu lado.

Já pensou em fazer sociedade com alguém? Considere as dicas acima antes de abrir a sua empresa. E para mais dicas sobre empreendedorismo, baixe o nosso e-book com um passo a passo para legalizar seu negócio.

o-passo-a-passo-para-abrir-uma-empresa

Mestre e Graduado em Controladoria e Contabilidade pela FEA/USP, com mais de 10 anos de experiência na área contábil.

Comments 0
There are currently no comments.