Conube

Conube


maio 2018
D S T Q Q S S
« abr.    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias


Break Even Point: como calcular o ponto de equilíbrio financeiro da sua empresa

Por Controlle *

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

Uma boa saúde financeira e o equilíbrio financeiro de qualquer empresa são fundamentais para a manutenção de um negócio próspero e com posicionamento cada vez mais sólido no mercado – independentemente da sua área de atuação. Manter os números em ordem, no entanto, nem sempre é uma tarefa muito fácil para os empreendedores. E é aí que começa a entrar o conceito de ponto de equilíbrio financeiro e sua importância. Você sabe como calcular o Break Even Point da sua empresa?

A boa notícia é que hoje existe uma série de instrumentos e ferramentas que ajudam nisso. Com elas, o gestor pode manter sua empresa saudável e fazer sua gestão com eficiência. Dentre estas ferramentas está o indicador de Ponto de Equilíbrio Financeiro – ou Break Even Point. Ele jamais deve ser ignorado no dia a dia do negócio.

No artigo de hoje você entenderá o que é o Ponto de Equilíbrio Financeiro e sua importância para todo negócio. Também descobrirá como calcular o Break Even Point da sua empresa sem grandes dificuldades. Acompanhe!

O que é o Ponto de Equilíbrio (Break Even Point)?

O Break Even Point – ou Ponto de Equilíbrio da empresa nada mais é que um indicador utilizado para mensurar o limite entre o lucro e o prejuízo de uma companhia durante um período determinado. O Ponto de Equilíbrio é justamente o ponto onde as receitas totais e as despesas de uma empresa se igualam em um determinado período de apuração.

Quando o Ponto de Equilíbrio aponta para um prejuízo financeiro significa que a empresa teve um faturamento menor que o previsto naquele período apurado, enquanto um cálculo que aponta um lucro financeiro mostra um resultado positivo conquistado pela empresa no período.

Como calcular o Break Even Point ?

Muitos empreendedores acreditam que o cálculo do Break Even Point é difícil e custoso. Mas a verdade é que calcular o Ponto de Equilíbrio de um negócio é uma tarefa bastante simples. Para isso, basta que o gestor subtraia os Gastos Fixos do negócio pelos Gastos não Desembolsáveis multiplicado pela Margem de Contribuição.

Nos próximos parágrafos você aprenderá a calcular, de maneira simples, o Ponto de Equilíbrio Financeiro do seu negócio e manter sua empresa dentro de uma margem financeira positiva.

Por que vale a pena calcular?

Qualquer empresa que tenha interesse em reduzir os custos do negócio e estabelecer preços assertivos para seus produtos e/ou serviços deve calcular o Ponto de Equilíbrio. Empreendedores que desejam identificar a viabilidade de um negócio ou projeto antes de colocá-lo em prática também podem calcular o Break Even Point.

Além de beneficiar o negócio em si, o cálculo do Ponto de Equilíbrio permite que acionistas, sócios e administradores de uma determinada empresa descubram o momento no qual um produto ou serviço cobrará seus custos – fixos e variáveis – e começará a gerar lucros, de fato. Por isso é tão importante que este cálculo não seja ignorado por nenhuma companhia, independente do seu tamanho.

O cálculo do Ponto de Equilíbrio Financeiro

Aprender como calcular o Break Even Point de um negócio é mais simples do que você imagina. Isso pode ser feito por qualquer pessoa que tenha acesso aos números que fazem parte da conta. Normalmente, este cálculo é feito pelo próprio administrador ou pela equipe do departamento financeiro da empresa.

Como você já sabe, o Break Even Point do negócio acontece no momento em que as despesas e os lucros de uma empresa empatam, não havendo nada a pagar e nenhum lucro a receber. A partir deste ponto, resultados positivos geram lucro, enquanto resultados financeiros negativos geram prejuízos.

Para calcular o Ponto de Equilíbrio da sua empresa com facilidade é preciso seguir alguns passos simples. Acompanhe cada um deles e descubra como calcular o Break Even Point do seu negócio em poucos minutos.

1. Identifique despesas e margem de contribuição

O primeiro passo para calcular o Break Even Point é conhecer os custos e despesas – fixas e variáveis – da sua empresa, além da margem de contribuição. Estes dados lhe ajudarão a conhecer a quantidade necessária de comercialização de um produto ou serviço para que o negócio não tenha prejuízos e passe a gerar lucros.

Comece analisando as despesas fixas – necessárias para a manutenção mensal do negócio, como salário dos funcionários, aluguéis, contas de consumo, entre outras, e as despesas variáveis, que sofrem alterações e reajustes periodicamente.

Em seguida, encontre a margem de contribuição do negócio. Isso nada mais é que o ganho bruto sobre as vendas de serviços ou produtos comercializados pela empresa. Para encontrar a margem de contribuição basta realizar a seguinte conta:

Margem de Contribuição = Preço de Venda do Produto ou Serviço – (Custo Variável + Despesas Variáveis).

É importante lembrar que, para que faça sentido no cálculo do Ponto de Equilíbrio, a margem de contribuição deve ser apresentada a partir dos preço e custos/despesas unitários de um determinado serviço ou produto, aparecendo normalmente em forma de percentual.

2. Aplique a fórmula do Ponto de Equilíbrio Financeiro

O segundo passo é justamente aplicar a fórmula do Ponto de Equilíbrio e realizar o cálculo em si. Esta conta é feita a partir da soma das despesas fixas divididas pela margem de contribuição do negócio. Como mostra a fórmula a seguir:

Ponto de Equilíbrio Financeiro = Despesas Fixas/Margem de Contribuição.

Para que a conta faça sentido é preciso apresentar a margem de contribuição sob forma de porcentagem. Para isso, transforme-a em um número decimal na hora de realizar os cálculos.

Exemplo prático do cálculo do Ponto de Equilíbrio

Para entender melhor como funciona o cálculo do Ponto de Equilíbrio Financeiro de uma empresa, vamos dar um exemplo hipotético de uma companhia que possua uma despesa fixa de R$ 120 mil por ano e uma margem de contribuição de 25%. O Break Even Point, neste caso, seria calculado da seguinte maneira:

PEF = R$ 120 mil (despesas fixas do negócio) / 0,25 (margem da contribuição de 25% transformada em número decimal) = R$ 480 mil.

O  Ponto de Equilíbrio Financeiro desta empresa, portanto, seria de R$ 480 mil. Este seria o montante de receita bruta anual que o negócio precisaria alcançar para não ter prejuízo nem gerar lucros.

Acima do patamar de R$ 480 mil a empresa apresentaria lucros. Enquanto valores abaixo desta linha significariam prejuízos financeiros para o negócio. Muito simples, não é mesmo?

Dica extra: Para facilitar o cálculo do Ponto de Equilíbrio Financeiro procure manter as finanças do seu negócio sempre organizadas. Um planejamento financeiro coerente e eficiente permite ao gestor realizar cálculos e encontrar o equilíbrio da sua empresa com facilidade. Além de facilitar o processo de controle financeiro e tomada de decisões financeiras em caso de necessidade.

E você, aprendeu como calcular o Break Even Point do seu negócio? Entendeu o conceito de Ponto de Equilíbrio Financeiro? Deixe seu comentário e suas dúvidas sobre o tema neste post!

cta_migracao_de_empresa_1

* O Controlle é um sistema de gestão financeira online feito para ajudar pequenas empresas e startups a tomarem decisões cada vez mais assertivas, facilitando a gestão e melhorando seus resultados financeiros. Uma ferramenta que transforma o cuidado com as finanças em algo descomplicado e prazeroso.




José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.