Para uma empresa de fato funcionar bem, é importante que todas as suas áreas atuem de forma satisfatória. Alguns empresários acham que apenas o setor de vendas ou de marketing impulsionam o sucesso do negócio, mas a verdade é que a gestão de Recursos Humanos tem grande relevância dentro da organização.

Ao contrário da crença popular, o RH de uma empresa não é responsável tão somente por entrevistar e selecionar candidatos para cargos e tarefas afins. O setor de RH coordena também a administração emocional e comportamental dos funcionários da organização.

Você sabe dizer como funciona o RH de uma empresa e qual o papel do setor dentro de um negócio? Listamos aqui as principais informações sobre o assunto:

O que é a gestão de Recursos Humanos?

Em linhas gerais, o RH é a parte da empresa responsável pelo relacionamento entre a contratante e seus funcionários. Dessa maneira, ele responde pela apropriada gestão dos profissionais, além de sua contratação.

É válido lembrar que a nova tendência do mercado é justamente terceirizar a contratação de funcionários. Desse jeito, caberia ao RH regular e conduzir os talentos dentro da organização.

A gestão de Recursos Humanos se consolida, portanto, como a área que criará políticas de convivência entre os funcionários e seus superiores, além de transformar o ambiente de trabalho em um lugar prazeroso para todos os envolvidos.

Por que o RH é importante para a empresa?

qual-a-importancia-da-gestao-de-recursos-humanos-para-o-seu-negocio

Quando você encontra um funcionário de alta confiança para seu negócio, é natural querer mantê-lo na empresa. Como fazer isso? É aí que o setor de Recursos Humanos entra em ação.

O RH cria iniciativas que possam demonstrar o apreço e o valor que cada profissional tem para o estabelecimento. Um empreendimento que se preocupa com seus talentos, conserva-os mais entusiasmados e envolvidos com o trabalho que precisam fazer.

Assim, a produtividade de uma empresa que tem um enfoque maior na adequada gestão de Recursos Humanos é muito superior àquelas em cujos gestores se mostram desatentos à área. Da mesma forma, é a boa gestão de Recursos Humanos que permite conhecer as efetivas habilidades e vocações dos funcionários da organização e explorá-las da melhor forma possível.

Dessa maneira, você terá certeza de que cada pessoa está dando o máximo de si a fim de atingir os objetivos corporativos e as metas estratégicas da empresa.

O que o RH deve fazer?

Um grande erro de algumas organizações é relacionar o setor do RH apenas com questões burocráticas da empresa. Na verdade, ele encerra muito mais funções e subsídios estratégicos do que usualmente se pensa. Quer saber quais? Leia a seguir alguns bons exemplos:

Dar suporte competente a outros setores da empresa

É fundamental que o RH se mantenha bastante atualizado sobre as atividades e o controle de outros setores da empresa. Isso se dá porque, se houver algum problema em qualquer uma dessas áreas, é esse setor que será acionado para encontrar a melhor solução para a situação.

Trata-se de um papel básico e essencial para qualquer gestão de Recursos Humanos, imprescindível para que a empresa continue a operar da forma que se espera.

Elaborar a apropriada política de gestão de carreira

Um RH eficaz tem a capacidade de formar lideranças dentro de um empreendimento.

Por essa razão, a gestão de carreira é importantíssima para acompanhar a produtividade de seus profissionais. Para tanto, é importante descobrir quais são os pontos fortes e fracos de cada um deles. Conhecer a fundo os colaboradores da organização possibilitará ao RH elaborar estratégias que permitam o crescimento individual – no setor de trabalho e na organização.

Cuidar de questões práticas da empresa

O RH não vive só de contratações e de burocracias, mas essa é também uma parte respeitável do setor. Isso pois é ele o responsável por garantir o bom funcionamento prático da empresa, já que é o responsável por pagamentos, atestados médicos, articulação das férias dos colaboradores, demissão e contratação funcionários.

Se há algum problema específico e persistente com determinado funcionário, como atrasos constantes, é papel do RH conversar com a pessoa, por exemplo.

Como fazer uma boa gestão de Recursos Humanos?

Gestão de Recursos Humanos
Designed by makyzz / Freepik

Veja a seguir quatro estratégias que, se adotadas, garantirão uma gestão de RH melhor em sua organização:

Faça avaliações de desempenho constantes

Para manter o bom funcionamento da empresa, é admirável completar avaliações rotineiras do desempenho de seus funcionários.

Após a análise dessas informações, o ideal é marcar uma reunião com esses profissionais (dividindo-os por sua qualidade de desempenho), a fim de discutir o que está funcionando e quais os pontos que devem ser aprimorados.

Realize uma análise da organização da empresa

Para implantar uma boa gestão de Recursos Humanos, é preciso, primeiro, entender qual é a organização de sua empresa. Assim, será possível descobrir como o RH deverá se encaixar em sua lógica de expectativas, condutas e convivência.

Saiba qual é o perfil de cada funcionário

Uma vez contratado o funcionário, é importante saber quais são suas qualidades e defeitos no modus operandi da organização. A ideia, aqui, não é demiti-lo ou não, mas, sim, incentivá-lo a contribuir da melhor maneira possível para o negócio.

Sabendo qual é o perfil do profissional, será mais fácil adequá-lo ao posto mais coerente às suas qualidades.

Ofereça um plano de carreira

Muitas pessoas se sentem motivadas a trabalhar em uma empresa que oferece um plano de carreira consistente. Essa função, por sua vez, fica também a cargo do RH.

Ao saber quais são os funcionários que mais produzem, ou atuam melhor em suas áreas, ofereça promoções, prêmios ou aumentos de salários para eles, que se sentirão motivados a continuar trabalhando duro!

Quais resultados podem ser alcançados por um bom RH?

Ter uma gestão de Recursos Humanos que de fato funcione dentro de um empreendimento pode aumentar muito a produtividade de seu negócio.

Uma boa seleção de funcionários misturada a uma gestão eficiente é a receita básica de como transformar o ambiente de trabalho. No lugar do tão comumente encontrado clima pesado e competitivo, passamos a observar um ambiente colaborativo, com profissionais satisfeitos e engajados com os valores e objetivos da organização.

Ao encontrar bons profissionais, também há aumento na produtividade do grupo. Com isso, as avaliações dos funcionários podem se tornar um parâmetro para recompensar ou reavaliar a posição de cada profissional. Será possível, dessa forma, acomodar mais responsabilidades para aqueles que mais produzem, por exemplo.

Da mesma forma, essas avaliações podem servir de base para uma criação de metas de produtividade a serem atingidas em um período próximo. Mas tenha cuidado: é importante que essas metas sejam realistas. Caso contrário, corre-se o risco de que haja um estresse a mais na vida de quem compõe sua equipe.

Viu só como o setor de Recursos Humanos é importante em uma organização!?! Você já conhecia as tarefas desempenhadas pelo RH apresentadas aqui? Como a gestão de Recursos Humanos será o diferencial dentro de uma empresa?

Deixe um comentário aqui, nos contando como cuida do RH de seu negócio.

Migrar empresa para a Conube