Se você quer permanecer de pé no mercado, competitivo como é e de constantes mudanças, é indispensável uma boa gestão empresarial, completa e assertiva.

Você já imaginou ser dono de um negócio de sucesso e ter um futuro promissor como empreendedor, mas por falta de organização e boa administração, seu negócio foi por água abaixo? Pois é. Infelizmente, essa é a realidade de muitos brasileiros que se aventuram nesse mundo do empreendedorismo.

Para que tudo funcione corretamente, primeiramente, é preciso colocar ordem na casa. A administração da empresa é um ponto vital que envolve a sobrevivência e deve ser exercida por quem realmente entende do assunto e possa dedicar-se integralmente a isso.

Boa gestão empresarial x longevidade do negócio

Um estudo realizado pelo Sebrae, em 2016, intitulado “Sobrevivência das Empresas no Brasil”, destaca a gestão como uma das causas da mortalidade das empresas.

O fato de considerar a gestão da empresa algo que pode ser realizado dentro de um encaixe na sua rotina atarefada, só faz com que a execução e a mediação de qualidade da prestação dos serviços prejudique a longevidade do negócio.

Uma empresa de sucesso precisa de uma atenção rigorosa, precisa de horas de dedicação. E o mais importante: qualificação profissional. Cada vez mais, o mercado de trabalho exige profissionais capacitados em gestão, que possuem uma visão da prática de gestão multinível. 

Geralmente, profissionais com esse perfil conseguem cuidar de pontos que envolvem planejamento e até o gerenciamento da rotina empresarial. Com isso, a contribuição desse profissional garante bons resultados estratégicos ao negócio.

Às vezes, por conta dessas inúmeras tarefas a serem executadas, e boa parte delas em um curto período de tempo, a pessoa acaba ficando sobrecarregada e deixa escapar uma ou outra tarefa inacabada. Isso pode prejudicar e muito o desenvolvimento da empresa.

Em meio ao gerenciamento, existem alguns pontos que podem ser muito decisivos para não se perder durante a execução das atividades. Não deixe de conferir estes pontos abaixo:

Como fazer uma boa gestão empresarial

1. Metas e objetivos

Antes mesmo da execução das tarefas, você precisa sentar e definir quais as metas e os objetivos a serem alcançados, qual a capacidade de conseguir isso e quanto tempo será necessário.

Sem essas questões pré-estabelecidas, você não consegue ter conhecimento e total controle em relação a saúde da sua empresa. Por isso, defina quais são os planos para o futuro.

2. Análise e gestão de resultados por meio de relatórios

Depois de estabelecer metas, o próximo passo é acompanhar e analisar se as coisas estão saindo como o planejado. É necessário ter o controle de tudo para fazer projeções e definir novas estratégias para garantir acertos no futuro.

O controle e o registro das informações permite que você tome decisões mais assertivas. Afinal de contas, as informações irão basear suas providências de acordo com dados concretos e não achismos.

Os relatórios gerenciais podem te ajudar a ter essa visão geral e acompanhar o desempenho do seu negócio. Hoje, existem sistemas de gestão empresarial que possibilitam a impressão de relatórios diversos. Como, por exemplo, de vendas, de estoque, relatório financeiro etc.

3. Controle sua vida financeira

Quando o negócio está iniciando, às vezes, os empreendedores costumam não separar as finanças da empresa das finanças pessoais. É muito importante que elas sejam independentes.

Para facilitar sua vida financeira, vale seguir algumas dicas. Conte com a ajuda da contabilidade, evite cheques especiais, não exceda seu limite de crédito, entre outras. É importante estar bem com a saúde financeira pessoal para que isso não interfira na empresarial.

Dentro da empresa, tenha controle dos gastos, investimentos somente dentro da sua capacidade de pagamento. E o mais importante: evite os juros bancários as instituições financeiras.

A redução de custos também precisa ser considerada. Para isso, um sistema de gestão também é útil para reorganizar os processos e unificar os setores. Assim não será necessário um funcionário exclusivamente para cuidar de cada setor da empresa, reduzindo os custos operacionais.

4. Invista na capacitação

A todo momento, novas técnicas e estratégias de gestão surgem com intuito de facilitar a vida dos empreendedores. É necessário ficar atento em tudo que pode agregar o seu conhecimento, visando o desenvolvimento das áreas do seu negócio.

Lembre-se que a capacitação vai além de conhecimento puro e simplesmente dito. Envolve também a experiência e a maturidade profissional. Por isso, vale a pena o investimento para alavancar o seu negócio com inteligência.

* Este post foi escrito pelos nossos parceiros da VHSYS, um sistema de gestão empresarial online para micro e pequenas empresas, que possui módulos integrados de controle de vendas, financeiro, estoque e emissão de nota fiscal eletrônica

CTA_Migração (2)

E então, o que achou do conteúdo? Entendeu melhor sobre os pontos principais que podem impactar em uma boa gestão empresarial?