Conube

Conube


maio 2018
D S T Q Q S S
« abr.    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias


Veja 9 erros de profissionais de TI Freelancer que podem atrapalhar o seu trabalho

Por NetSupport *

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

O mercado para o trabalhador freelancer está cada vez mais aquecido. Seja para aqueles que decidiram abandonar o seu emprego fixo para ter mais independência ou que precisem de trabalhos extras para complementar a sua renda. A crise que o país ainda enfrenta foi um fator determinante para o crescimento das oportunidades de trabalhos freelancer. Eles acabaram se tornando uma saída para quem perdeu o seu emprego e precisou encontrar novas alternativas. Mas, também não podemos descartar que a economia atravessa uma grande revolução. Um setor que cresce demais é o de TI. Neste cenário, claro que também surgem erros de profissionais de TI Freelancer. O objetivo deste post é alertar para esses possíveis erros. Confira!

O cenário atual para os profissionais de TI freelancer

As indústrias e grandes corporações passaram a se posicionar de maneira cada vez mais inovadora. Além disso, a onda de novos empreendedores não para de crescer em nosso país e no mundo. A pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2016, patrocinada pelo Sebrae, estima que haja mais de 48 milhões de empreendedores no Brasil. Todos estão em busca de soluções mais flexíveis para os seus negócios.

Os especialistas em TI são alguns dos profissionais com mais oportunidades de trabalho freelancer disponíveis. Aliás, esse é um dos primeiros setores que passaram a adotar a contratação de profissionais freelancer com frequência.

Mas como ser um profissional de TI freelancer de sucesso? A flexibilidade de trabalho, a oportunidade de atender sempre novos clientes e aumentar os seus ganhos é tentadora. Porém, para que esse seja um negócio vantajoso e lucrativo para você, é preciso disciplina. Seguir algumas regras é essencial nesse processo. Listamos nove erros de profissionais de TI Freelancer que merecem sua atenção. Evite as seguintes situações, para conseguir alcançar os seus objetivos.

Erros de profissionais de TI Freelancer

Erros de Profissionais de TI

#1 Não possuir planejamento

Antes de tomar a decisão de se tornar um profissional de TI freelancer é preciso planejar-se. Principalmente, no que diz respeito ao quesito finanças. Durante o período inicial das atividades como freelancer a sua renda sofrerá com uma baixa. Lembre-se: para empreender é necessário investir!

Por isso, antes de começar, tenha economias suficientes para os primeiros meses sem um trabalho fixo. A situação mudará assim que você conquistar os seus clientes e estabelecer sua rotina de trabalho. Até lá, aperte os cintos e tenha o bastante para enfrentar, pelo menos, seis meses.

O seu tempo também é valioso. Uma das partes mais atraentes do trabalho como freelancer é a flexibilidade. Porém, é mais do que necessário estabelecer uma rotina para conseguir executar todas as suas tarefas. Organize suas atividades e imponha metas para se manter motivado. Divida o seu tempo para não trabalhar nem demais e nem de menos.

#2 Não ter uma empresa aberta

Começar a trabalhar como um profissional de TI freelancer é empolgante. Tenha em mente que, agora, você responde por suas atividades como uma empresa. Portanto, assim como uma empresa, você precisa ter todos os seus documentos regularizados, principalmente, um CNPJ. Sempre que há a prestação de um serviço, é exigido uma nota fiscal de comprovação. Apenas com um CNPJ você poderá emitir esse documento para os seus clientes.

Para começar, você pode assistir ao Webinar “Como profissionais de TI podem pagar menos impostos”, fruto de uma parceria entre NetSupport e Conube. Contudo, o nosso conselho é que você avalie, junto a um contador, qual é a categoria ideal para o seu tipo de atividade.

#3 Não usar sites especializados

Buscar os seus próprios clientes será essencial, para que você se estabeleça como um profissional de TI freelancer. Esse é um processo que exige empenho e bastante dedicação de sua parte. Logo, por que não utilizar sites especializados, que já tenham potenciais clientes, em busca de um freelancer? Essa é uma excelente maneira de começar a trabalhar por conta própria ou aumentar os seus ganhos.

A NetSupport é um desses sites. Através dos profissionais cadastrados em nossa comunidade – chamados de Doutores em Tecnologia – atendemos mais de 200 cidades em todo Brasil. Buscamos profissionais que, assim como você, estejam interessados em ensinar, aprender, se relacionar e ganhar dinheiro.

Conquistar e manter a sua própria carteira de clientes levará tempo, mas, com certeza valerá a pena. Porém, os sites especializados podem ajudar a potencializar os seus ganhos. Você pode mantê-lo tanto como a sua principal fonte de trabalhos, quanto uma alternativa extra.

#4 Não manter o profissionalismo

Infelizmente, é comum as pessoas associarem o trabalho do profissional de TI freelancer a informalidade. Mas as coisas não são bem assim. Como um especialista independente, você é a única ponte entre os seus clientes e o seu serviço. Sendo assim, mantenha sempre uma imagem profissional e bastante gentil, para conquistar a credibilidade das empresas atendidas por você.

Pense como a pequena empresa que você é. Leve em consideração questões como: qualidade de atendimento, fidelização e prazo de entrega. Para os clientes que você atende diretamente, faça um contrato, para formalizar a parceria, resguardando os direitos e deveres de ambas as partes.

#5 Não cuidar da sua apresentação

Para quem era obrigado a usar trajes sociais todos os dias, a vida de freelancer tem mais uma vantagem: poder usar roupas casuais. Mesmo assim, é preciso saber ponderar em alguns momentos. É normal que em certos dias você trabalhe de pijamas em casa. Porém, quando for visitar ou atender presencialmente seus clientes, esteja sempre bem apresentável. Lembre-se daquele velho ditado “A primeira impressão é a que fica”.

A sua apresentação e o seu comportamento têm papel importante no momento de conquistar os clientes. Ao trabalhar como um profissional de TI freelancer, você se torna o seu próprio comercial. Por isso, é preciso aprender a lidar com esse tipo de questão também.

#6 Não se atentar a qualidade de atendimento

Existem inúmeros profissionais de TI freelancer no mercado, realizando o mesmo tipo de serviço que você. Isso é um fato! Sendo assim, o que você pode fazer para se destacar em um cenário tão competitivo? A resposta está na qualidade de atendimento.

Não basta apenas entregar um serviço, pois milhares de profissionais também podem fazer isso. Você deve pensar em como entregá-lo da melhor forma possível. Apenas dessa maneira você conseguirá fidelizar os seus clientes. Ouça-os com atenção, seja empático e solucione os seus problemas de maneira objetiva. Além disso, peça feedbacks para que você consiga identificar quais pontos precisam ser melhorados.

#7 Não guardar economias

Trabalhando como profissional de TI freelancer, você não terá mais renda fixa e todos os benefícios de um emprego formal, que garante certa segurança financeira. Fundo de garantia, contribuição para o INSS e seguro desemprego precisaram ser feitos por conta própria.

Haverá meses de ganhos muito elevados, assim como períodos de ganhos menores. É preciso planejamento para que você não gaste de forma desenfreada enquanto estiver recebendo quantias maiores, ficando sem dinheiro suficiente para as fases de menos trabalho. Tenha também uma reserva para possíveis emergências, como um problema de saúde, por exemplo.

Com relação ao quesito aposentadoria, existem diversas alternativas. Você pode realizar a contribuição para o INSS, emitindo a Guia da Previdência Social (GPS) através do próprio site do Instituto Nacional do Seguro Social. É possível ainda contratar um plano de previdência privada em bancos ou seguradoras. Poupanças e investimento em fundos são opções válidas também.

#8 Não se atualizar

Não dar continuidade em sua formação será sempre um erro. Não importa o modelo de trabalho que você decida seguir, seja contratado como CLT ou um profissional de TI freelancer. A sua educação deve estar sempre em primeiro lugar. Invista em cursos, extensões e especializações periodicamente.

Novas habilidades lhe ajudaram a avançar em sua carreira profissional, trazendo oportunidades mais vantajosas. Por exemplo, se um profissional bilíngue pode ter ganhos superiores, faça um curso de inglês. Além disso, mantenha-se atualizado sobre as últimas tendências do mercado, para encontrar maneiras de melhorar o seu trabalho. A internet está recheada de conteúdos interessantes para você.

#9 Não movimentar o seu networking

Algo que fará toda a diferença, principalmente no começo da sua carreira como profissional de TI freelancer, é usar a sua rede de contatos. Divulgue e ofereça o seu serviço entre amigos e conhecidos. Eles podem ser os seus primeiros clientes ou indicar você para outras pessoas que precisem de serviços de TI.

Use as redes sociais também. O LinkedIn é um excelente canal para manter os seus contatos profissionais e encontrar novos potenciais clientes. Cursos e formações também são uma maneira excelente de conhecer pessoas.

Você ainda pode fazer parte de comunidades para ter contato com outros profissionais de TI. Por exemplo, já são mais de 12 mil Doutores em Tecnologia cadastrados, ensinando, aprendendo e se relacionando todos os dias.

Sobre a NetSupport

Outsourcing de TI sempre à sua disposição! Contamos com mais de 12 mil Doutores em Tecnologia em nossa comunidade, prontos para resolver qualquer problema com TI em até 3h. Você pode acionar não importa onde esteja. O atendimento é em todo o Brasil, 24h por dia, 7 dias por semana. Temos a qualidade e melhores práticas de TI, das grandes empresas, ao alcance de todas as pessoas. Existimos para democratizar o uso da tecnologia, levando #TIparatodos. Geramos oportunidades de trabalho freelancer para profissionais de informática e entregamos um serviço acessível, e de qualidade, para pequenas ou grandes empresas e, até mesmo, residências. Com a nossa ajuda, você usufrui do melhor que a tecnologia tem a oferecer!

melhor-tipo-de-empresa

E aí, entendeu quais são os principais erros de profissionais de TI freelancer? Deixe seus comentários!




José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.