Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Quanto custa para abrir uma empresa no Brasil?

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

Abrir uma empresa no Brasil tem sido um obstáculo para quem está almejando começar seu próprio negócio, tanto pelas questões burocráticas, quanto pelo alto custo. Mas hoje em dia as ferramentas online vêm facilitando bastante esse processo. A Conube preparou um conteúdo especial com os principais custos de abertura de empresa e algumas dicas importantes. Confira!

Todas as dificuldades impostas pelas várias etapas do processo de abertura de empresa representam uma barreira que, muitas vezes, faz com que o objetivo final não seja sequer colocado em prática. Além disso, o custo também assusta, principalmente considerando que é um investimento inicial, o que traz bastante insegurança ao novo empreendedor, que precisaria começar a obter lucro com seu negócio para ver recompensada a sua aposta.

Mas, atualmente, muito pelo avanço das tecnologias e o suporte oferecido de forma online, o fantasma para abrir uma empresa vem perdendo força e o processo vem sendo cada vez mais facilitado. Hoje, pode ser mais barato e bem mais simples do que parece dar os primeiros passos e colocar o negócio para funcionar. Em tempos de crise essa otimização de tempo e dinheiro passa a ser essencial para o sucesso do negócio.

Quanto custa para abrir uma empresa

Quais são os custos para abrir uma empresa?

As taxas de cada etapa do processo para abrir uma empresa online variam de estado para estado e de acordo com o tipo de empresa. Claro que as plataformas online, como a Conube, não atendem a todos os tipos de empresas, mas para os que se encaixam no requisitos, sobretudo profissionais liberais e prestadores de serviços, é uma ótima opção, justamente por causa da praticidade.

Basicamente, o empreendedor terá custos abaixo:

Veja trecho do Webinar da Conube que fala dos custos para abrir empresa!

Os valores também podem variar de acordo com o tipo de empresa a ser aberta: Sociedade, EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) ou EI (Empresário Individual). No Estado de São Paulo, por exemplo, a soma dessas taxas fica entre R$ 675,00 e R$ 751,00, dependendo do tipo de empresa que será aberta – Sociedade, EIRELI ou Empresário Individual.

Para saber os custos para uma empresa em determinada cidade, basta clicar aqui e informar sua cidade, estado, a atividade que pretende exercer e o possível formato de sua empresa.

 

Regime tributário

Outro fator que influencia nos custos de abertura da empresa e na manutenção do negócio é a escolha do regime tributário, pois é ele quem determina os impostos a serem pagos pela empresa mensal e anualmente. No Brasil existem três regimes tributários possíveis: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.

O Simples Nacional é o regime tributário mais buscado pelos pequenos empreendedores, mas também o mais restritivo em relação a atividades que podem ser enquadradas nesse regime. Um dos fatores limitadores é o faturamento máximo de 3,6 milhões de reais anualmente e os altos valores de contribuição cobrados para profissionais liberais, inseridos recentemente na lista de atividades permitidas no Simples.

Como os custos para abertura da empresa variam muito de acordo com as características de cada negócio, o melhor a fazer é procurar ajuda profissional de um contador para avaliar as possibilidades e identificar a melhor forma de fazer a abertura da empresa, visando minimizar os custos iniciais mas também garantir a sustentabilidade do negócio adotando o melhor regime.

Outros custos a serem considerados

Investimento inicial

É importante estipular um valor para investir no início da empresa. Isso pode envolver aspectos como compra de equipamentos, aquisição de espaço, mobiliário, obtenção de tecnologia, como softwares e sistemas, recursos para o trabalho do dia a dia, entre outras questões que podem surgir dependendo da natureza do negócio. Claro que esse valor pode variar muito, então é altamente recomendável que se faça um planejamento.

Se quiser saber mais sobre investimento inicial, você pode acessar o artigo já publicado Como calcular o investimento médio para abrir uma empresa?

Registro de marca

Depois de dar o nome à empresa e escolher seu nome fantasia, é preciso pensar também no registro de marca, principalmente se estiver envolvido todo um planejamento de marketing.

Dica: Veja nesse vídeo aqui as diferenças entre razão Social, Nome Fantasia e Marca.

Antes de dar entrada no pedido de registro, é preciso realizar uma pesquisa para saber se já não existe uma marca com as mesmas características que a sua, o que tem um custo de R$ 170,00 por consulta. Concedido o registro da marca, o empreendedor precisa pagar o primeiro decênio, ou seja, uma taxa para garantir a exclusividade da marca pelo período de 10 anos. Esse custo pode variar entre R$ 298,00 e R$ 1.115,00. Outras taxas envolvidas no processo de registro da marca podem ser consultadas diretamente no site do INPI.

Nesta página, você encontrará tudo que precisa saber sobre registro de marca ao abrir uma empresa.

Pró-labore

Quanto você receberá mensalmente como dono do próprio negócio? Profissionais autônomos e freelancers não costumam se preocupar com isso, gastando todo o dinheiro que entra. Mas se você quer ter um negócio e vê-lo crescer, é preciso definir um pró-labore, ou um salário para si mesmo, que entra nos custos fixos do negócio, junto com a folha de pagamento. Faça esse planejamento financeiro antes de iniciar sua atividade para ter certeza de que tem o capital necessário para dar andamento ao seu negócio. Muitas empresas fecham por falta de planejamento financeiro, o que pode ser feito facilmente se você entender quais são os custos envolvidos na sua atividade.

Webinar: Como abrir uma empresa sem dor de cabeça

José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.

Comments 0
There are currently no comments.