Conube

Conube


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov.    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias


Empreendedorismo feminino: as mulheres no mundo dos negócios

Taís PinheiroTaís Pinheiro

O empreendedorismo feminino está em alta. Entre 2002 e 2012, o número de mulheres que têm a própria empresa aumentou 18%. Atualmente, são mais de 7 milhões de mulheres que tocam seus próprios empreendimentos, e a tendência é que esse número continue a crescer.

Muitas dessas líderes, inclusive, são chefes de família. Em 10 anos, o número de chefes de família que empreendem aumentou 70%. Hoje, quase 4 em cada 10 donas de negócios também são chefes do lar.

Com a taxa de empreendedorismo brasileiro batendo recorde nos últimos 14 anos, é possível esperar ver cada vez mais as mulheres nessa área. A tarefa, entretanto, tem alguns pontos que merecem atenção.

Por isso, veja a seguir mais sobre o tema e descubra o que você precisa saber!

empreendedorismo feminino - As mulheres no mundo dos negócios

Em quais mulheres você pode se inspirar?

A história mostra que, ao redor de todo o mundo e ao longo das décadas, há mulheres inspiradoras no ramo dos negócios. O caminho delas não foi fácil, mas certamente serve de inspiração para quem entra agora no mercado.

Algumas dessas mulheres são:

Luiza Helena Trajano

Luiza Helena TrajanoEmpreendedora brasileira, Luiza Helena Trajano revolucionou a empresa da família e a transformou em um dos maiores varejistas do Brasil, o Magazine Luiza. Sua história mostra a importância do preparo e estratégia para conseguir resultados maiores e melhores.

Helena Rizzo

Helena RizzoJá tendo sido eleita a melhor chef do mundo, Helena Rizzo mostra a importância de se qualificar e ser a melhor profissional possível. A veia empreendedora se manifesta na forma do restaurante que possui com seu marido e que é um dos mais concorridos de São Paulo.

Barbe-Nicole Clicquot

Barbe-Nicole ClicquotA madame Clicquot Ponsardin é considerada a primeira mulher do mundo dos negócios, tendo atuado no século XIX. Mesmo diante de muita resistência, conseguiu tocar a empresa deixada pelo falecido marido. Passou a entender de vinhos e conseguiu que a marca se consolidasse como uma das melhores do planeta.

Coco Chanel

Coco ChanelGabrielle Chanel, que é mais conhecida por seu apelido, não apenas foi uma lançadora de tendências, mas também criou uma das marcas de luxo mais conhecidas do mundo. Com isso, se tornou rapidamente uma das figuras mais importantes do século XX.

Quais os desafios enfrentados no empreendedorismo feminino?

Em um mundo em que meninas ainda têm o direito à educação negado em vários países, o empreendedorismo feminino continua sendo uma tarefa desafiadora. O primeiro obstáculo é a falta de oportunidades.

O fato de o ramo dos negócios ainda ser predominantemente masculino faz com que muitas mulheres se sintam desencorajadas ou mesmo encontrem as portas fechadas para se tornarem donas do próprio empreendimento.

Isso gera, inclusive, o segundo desafio: a descrença quanto ao potencial. Uma visão incorreta ainda faz com que muita gente encare que uma mulher é menos capaz de ter pulso firme ou de comandar uma empresa de sucesso.

Além de tudo, há a questão do tempo. Como 90% das mulheres fazem tarefa doméstica, contra apenas 40% dos homens, as empreendedoras precisam conciliar mais coisas no seu dia. O cuidado com a família, com o negócio e consigo mesma gera uma dificuldade para administrar tudo isso.

Quais são as vantagens ao empreender?

empreendedorismo-feminino-cresce-a-cada-ano

Ao mesmo tempo, superar esses desafios é bastante recompensador. Falando sobre o empreendedorismo feminino, quando a mulher consegue empreender, uma das maiores vantagens é que ela conquista a independência financeira. Com isso, consegue realizar mais sonhos e construir a vida que sempre desejou.

Além disso, tornar-se uma empreendedora também ajuda na realização pessoal e profissional. Ao chegar ao sucesso, a mulher se sente muito mais satisfeita com a própria vida.

Para o mercado, a diversificação e as novas possibilidades trazidas pela presença feminina são igualmente positivas. Ao chegar a um ambiente predominantemente masculino, a mulher que empreende traz novas soluções e oportunidades a serem exploradas.

Como mulheres podem empreender com sucesso?

Empreender, por si só, não é uma tarefa fácil. É necessário ter uma boa ideia, comprometer-se com ela, criar um bom produto e vencer a burocracia, ainda mais estando no Brasil. Do ponto de vista feminino, algumas dicas extras podem ajudar a chegar ao sucesso. Confira:

Qualificação é indispensável

Como é provável encarar alguns desafios a mais na hora de empreender sendo mulher, uma das formas de vencer as dificuldades é se qualificando de maneira consistente.

É importante buscar novas formas de se manter em dia com o mercado, além de procurar por cursos e especializações.

Isso cria mais preparação para os desafios técnicos e gera mais confiança para a conquista dos resultados esperados.

Tomar as decisões certas faz a diferença

No mundo do empreendedorismo, praticamente não há espaço para erros. Ao estar no começo da atuação — e sendo mulher —, é ainda mais importante acertar, tanto quanto possível.

Deve-se buscar formas de embasar as tomadas de decisões com dados e informações úteis.

Usar relatórios gerenciais e contábeis, por exemplo, é uma forma de ter uma visão mais completa e adequada do que deve ser feito em seguida.

Manter a perseverança é fundamental

Os desafios existem e, muito provavelmente, surgirão no caminho. Porém, isso não é motivo para deixar de lado o sonho de ser empreendedora. Mais ainda do que os homens que empreendem, é muito importante manter altos níveis de perseverança.

Buscar saídas criativas e acreditar no próprio potencial são ações que ajudam a chegar ao destino final, que é o sucesso. É importante não desistir enquanto houver recursos para fazer o empreendimento dar certo.

Cercar-se de pessoas competentes leva ao sucesso

Tão importante quanto o que você faz é o que as pessoas ao seu redor farão pelo negócio. Estar cercada de pessoas capazes pode alavancar o empreendimento e, finalmente, levá-lo ao sucesso.

Contar com profissionais capacitados para executar as funções e ter um bom contador são exemplos. É preciso tratar bem essas pessoas e garantir uma relação frutífera para ambos.

Além disso, fazer networking também é uma forma de estar perto de quem é muito capaz. Assim, tocar o negócio deixa de ser uma tarefa solitária e passa a ser mais colaborativa do que nunca.

O empreendedorismo feminino pode ser desafiador, mas também é vantajoso — e possível — seguindo essas dicas simples. Agora que você já sabe sobre isso, observe dicas e sugestões para empreender com sucesso em 2017!

melhor-tipo-de-empresa




Graduada em Ciências Contábeis com extensão em planejamento tributário pela PUC-SP. Tem mais de 18 anos na área contábil, sendo 11 no setor de auditoria externa.