Conube

Conube


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov.    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias


Veja 5 dicas para abrir uma empresa sem dor de cabeça

José Carlos R. JúniorJosé Carlos R. Júnior

A burocracia ainda é um obstáculo enfrentado pelo novo empresário brasileiro que deseja ser dono do seu negócio. Como envolve uma série de etapas e de documentações, abrir empresa pode significar dor de cabeça se esse momento não for devidamente planejado. Que tal passar por essa etapa importante e decisiva sem ter preocupações e estresse? A Conube preparou um material especial para você. Confira, então, cinco dicas para abrir uma empresa sem dor de cabeça.

1. Conheça quais são as condições para abrir empresa

Para evitar as dores de cabeça é fundamental que você conheça todas as condições para abrir uma empresa, como a necessidade de escolher o regime correto de tributação ou quais etapas são necessárias. Também é preciso conhecer como funciona o processo especificamente na sua cidade, já que isso pode variar para cada município.

Para te ajudar no processo, procure conhecer todas as etapas e anotá-las cronologicamente, como fazer registro em cartório civil seguido da elaboração do Contrato Social. A partir daí você deve ir à Junta Comercial e, após, tirar o CNPJ, fazer cadastro na Previdência Social. A etapa final é a obtenção de alvarás, se necessário, e licenças de funcionamento junto à Prefeitura. Com isso, ficará mais simples abrir sua empresa.

2. Separe a documentação previamente

Sucesso na empresa depende de escolhas certasEm vez de esperar chegar cada etapa do processo para providenciar a documentação, o ideal é que você separe toda a documentação que puder de maneira prévia. Isso significa que você já deve pensar nos documentos pessoais e esboçar o Contrato Social, por exemplo. Também é importante já estar sob aviso da necessidade de documentos de sócios, se aplicável.

Essa atitude é importante para evitar dor de cabeça com burocracia e com possíveis problemas com a documentação. Ao fazer isso de maneira prévia, você identifica qualquer problema que precise resolver antes de começar os trâmites de abertura da empresa.

3. Garanta que a marca possa ser registrada

Muitos novos empreendedores se esquecem de uma ação importante no momento de abrir uma empresa: o registro de marca. Por isso, antes de fazer planos com o nome da sua empresa é muito importante que você faça uma pesquisa na Junta Comercial e também no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Isso evita que futuramente alguém reclame o nome de sua empresa e faça com que você passe por situações de prejuízo. Além disso, fazer essa pesquisa prévia também evita que a abertura se torne mais demorada esperando pela definição de um novo nome para registro.

4. Planeje os custos de abertura

Abrir uma empresa envolve alguns custos, como emissões de declarações e de documentação e com o próprio registro de marca. Por isso, em vez de ir despreparado para a abertura do seu negócio é importante que você levante e planeje quais serão os custos para que sua empresa possa estar regularizada. Ao agir dessa maneira você evita a dor de cabeça de não estar preparado para pagar uma taxa, o que pode atrasar e até mesmo prejudicar toda a abertura.

5. Contrate profissionais de contabilidade

Por mais que você se prepare para a abertura da empresa é bem provável que você se depare com um ambiente bem burocrático e complexo. Quanto mais você tentar encarar esse ambiente de maneira solitária, maior será a dor de cabeça. Sem contar que sua empresa terá que contratar um serviço de contabilidade. Por isso, o mais recomendado é que você contrate profissionais de contabilidade altamente capacitados para que possam te ajudar a abrir sua empresa.

Abrir empresa é uma tarefa que exige uma série de etapas que precisam ser cumpridas corretamente. Se você não tiver conhecimento prévio e planejamento, será muito mais difícil. Por isso, as dicas para abrir uma empresa sem dor de cabeça incluem conhecimento das etapas, planejamento e contratação de profissionais de contabilidade que serão responsáveis por te ajudar em todo o processo.

E se você quer ajuda para saber qual o melhor formato jurídico e tributário para sua empresa, clique aqui!

José Carlos R. Júnior é jornalista, redator e revisor de textos. Trazendo uma experiência de mais de 10 anos gerenciando editorias em diversas mídias online e impressas, é hoje o responsável pela gestão de conteúdos e de comunicação da Conube.

Comments 0
There are currently no comments.